Sábado, 18 de Novembro de 2017
 
    
   
Suinicultura :: Seminário "Desafios para o Futuro"
Notícias » FPAS
Seminário "Desafios para o Futuro"
2016-10-07

Os suinicultores portugueses levaram a cabo a organização do Seminário “Desafios para o Futuro”, que reuniu em Leiria, no dia 1 de Outubro, os agentes da suinicultura portuguesa para convidar à reflexão conjunta sobre o que deve ser o futuro imediato da produção nacional, numa altura em que os suinicultores estão paulatinamente a deixar para trás a maior crise de sempre que assolou o sector.

Com o pressuposto de debater a proposta de criação da “marca-chapéu” do porco português, foram convidados três peritos nas suas áreas que fizeram três apresentações sobre o tema central: o Engº Pedro Folque, especialista em nutrição animal, apresentou as diferenças na alimentação entre os porcos castrados e inteiros, o Engº António Tavares, presidente do Grupo de Trabalho da Carne de Porco no COPA-COGECA, apresentou o caderno de encargos do “PorcoPT.come” e o Dr. Osler Desouzart, consultor da empresa ODconsulting, fez uma apresentação intitulada “Alimentando o Pensamento”, onde fez as suas previsões de mercado para os próximos anos e identificou as oportunidades e ameaças do projecto português numa conjuntura de mercado mundial.

Seguidamente a palavra foi dada aos produtores. Numa mesa redonda onde estavam representadas as empresas Agrupalto, pelo Engº Nuno Correia, Carnes Valinho, pelo Sr. Fernando Vicente, Raporal, pelo Engº Pedro Lagoa, TiAntónio, pelo Sr. António Lopes Gameiro e Aligrupo, pelo Sr. Vítor Menino, cerca de 50% da produção nacional afirmou estar interessada em aderir ao projecto “PorcoPT.come”, salientando a necessidade da produção nacional se diferenciar e reforçando a importância do controlo apertado em todas as fases do processo, uma vez que o sucesso do mesmo depende da confiança que o consumidor depositará sobre os procedimentos adoptados, fazendo com a marca seja um selo de qualidade e um símbolo de confiança.

O Sr. David Neves, pela FPAS e o Engº João Correia pelo ex-Gabinete de Crise veicularam as conclusões do Seminário, transmitindo que os suinicultores vão dar início a um projecto que visa alcançar uma qualidade superior na carne de porco, conferindo à carne um maior teor em gordura intramuscular, garantida por via da castração dos machos e por via da alimentação.

A gestão do projecto será da responsabilidade da FPAS e prevê-se que na sua fase inicial venha a ser oneroso para os suinicultores mas que levará ao objectivo final de acrescentar valor à carne de porco, aumentando o preço pago ao produtor e estabilizando um negócio bastante susceptível a flutuações de mercado.









Subscreva a nossa newsletter

 


FPAS - Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores © Copyright 2014 - Todos os Direitos Reservados