Sexta, 24 de Novembro de 2017
 
    
   
Suinicultura :: Município do Montijo saúda Suinicultores Portugueses
Notícias » NACIONAL
Município do Montijo saúda Suinicultores Portugueses
2016-01-29

Conheça a proposta de Saudação apresentada pelos vereadores da CDU do Montijo, aprovada por unanimidade em reunião de Câmara de 20 de Janeiro de 2016:

"O Município do Montijo foi muito justamente pioneiro nas relações das edilidades municipais com o Tecido Económico local.

Foi assim em 1980 quando a Câmara Municipal de Montijo, na gestão liderada por Acácio Dores, aprovou a realização da Montiagri, como grande mostra das atividades industriais, comerciais, agrícolas e pecuárias do concelho, a concretizar-se, pela primeira, no ano seguinte.
 

Continuou, seis anos depois esta relação permanente com o tecido económico, sectorizando-a em termos logísticos, centrada na suinicultura, instalando na Montiagri a Feira do Porco, em colaboração com a FPAS.

Em Montijo se aloja igualmente, por iniciativa da Câmara Municipal, no Parque de Exposições da Cidade, sob o impulso da Associação Livre dos Suinicultores Portugueses, a Bolsa do Porco, também pela via do Ministério da Agricultura e do então IFADAP/PAMAF, desde 1999.

É no contexto desta relação e das responsabilidades que lhe advêm da defesa dos interesses dos cidadãos e agentes sociais e económicos do concelho, que a Câmara Municipal de Montijo não pode ficar indiferente às vicissitudes que se têm vindo a colocar aos suinicultores

Assim, a Câmara Municipal de Montijo, reunida em sessão ordinária, aos vinte dias do mês de janeiro de 2016, nos Paços do Concelho, expressa publicamente a sua solidariedade aos suinicultores e saúda a sua luta e a justa reivindicação da adoção de medidas excecionais que acudam à prolongada crise que se abate sobre a Pecuária, Leite/Carne nacionais.

A Câmara Municipal de Montijo junta a sua voz institucional às dos suinicultores na exigência da adoção de medidas excecionais que proporcionem o escoamento, melhores preços à pr
odução no geral e à pecuária nacional em particular, e que evitem a redução ao mínimo de Explorações Pecuárias. Reitera a sua solidariedade à oposição que os suinicultores movem aos baixos preços na produção para a Carne, às importações desnecessárias e sem controlo eficaz, à falta de escoamento da produção nacional, aos altos custos de fatores de produção e, como tantas vezes se tem reclamado, às práticas comerciais abusivas dos Hipermercados.

A Câmara Municipal de Montijo acompanha, ainda, as preocupações relativamente às políticas da União Europeia para o setor e a necessidade premente de políticas e ações dirigidas à Suinicultura.  Partilha, ainda, a convicção de que o Orçamento de Estado para 2016 deverá, no domínio da fiscalidade, dar um contributo positivo para os anseios dos produtores a complementar com a coordenação, com as cadeias de Hipermercados, pela via legislativa e não só, de soluções dirigidas à preferência pela comercialização, para consumo, da produção nacional, monitorizando, igualmente as importações e combatendo a especulação praticada pelo grande agro-negócio, mediante controlos permanentes às importações de bens alimentares e verificando a observância de normas higio-sanitárias e outras.

A Câmara Municipal acompanha, igualmente, a reivindicação da prorrogação do prazo de legalização ou licenciamento das Explorações Pecuárias, e a disponibilidade de medidas de apoio, designadamente financeiro, aos pequenos e médios Produtores Pecuários, cujo desaparecimento, em consequência da falta de licenciamento, possa estar em risco.

Montijo, 20-01-2016

A Vereação CDU,
Carlos Jorge de Almeida
Nuno Catarino"










Subscreva a nossa newsletter

 


FPAS - Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores © Copyright 2014 - Todos os Direitos Reservados