Sábado, 18 de Novembro de 2017
 
    
   
Suinicultura :: Carta Aberta aos Partidos Políticos
Notícias » FPAS
Carta Aberta aos Partidos Políticos
2015-10-01

O sector da suinicultura representa para a economia nacional um volume anual de 600 milhões de euros, ou seja, 20% do rendimento da actividade pecuária em Portugal. Representa, igualmente, uma actividade de forte ligação à terra, de fixação demográfica, de estímulo da economia familiar e de fomento de um hábito de consumo de tradição milenar da sociedade portuguesa.

A suinicultura nacional foi em tempos uma actividade autossuficiente, mas hoje apenas garante o autoaprovisionamento português em 65%. Fruto de diversos factores conjunturais, a suinicultura atravessa uma profunda crise estrutural, que ameaça a sobrevivência do sector.

Com as restrições comerciais provocadas pelo embargo russo, o mercado da carne de porco sofreu um forte embate com quebras drásticas dos preços pagos aos produtores que estão fixados abaixo do custo de produção há 12 meses consecutivos.

Este contexto adverso surgiu numa fase em que o sector ainda se recompunha dos incontornáveis investimentos aplicados nas instalações decorrentes das aplicações das normas comunitárias de bem-estar animal vigorantes desde 2013, que levaram ao encerramento de um grande número de explorações suinícolas.

As insuficientes ajudas comunitárias e as inexistentes medidas de apoio nacionais colocam um enorme e angustiante ponto de interrogação na viabilidade da suinicultura portuguesa, sendo previsível que mais empresas fecharão portas e mais produtores abandonarão a actividade.

Face à séria ameaça que o sector enfrenta, é com lamento que os suinicultores constatam que de entre os diversos programas e manifestos eleitorais dos partidos políticos propostos a compor a Assembleia da República da XIII Legislatura, não haja uma única medida que vise este sector, ao contrário de outros sectores em iguais circunstâncias.

Posto isto, vem a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores questionar directamente o vosso partido sobre que medidas de apoio à suinicultura defenderão os vossos representantes mandatados para a próxima legislatura.

Apesar de todas as dificuldades, o sector continua empenhado em voltar a garantir ao país a sua soberania alimentar em carne de porco. Um desafio que se torna mais difícil quando em simultâneo trava uma luta pela sobrevivência.

Lisboa, 30 de Setembro de 2015

A FPAS









Subscreva a nossa newsletter

 


FPAS - Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores © Copyright 2014 - Todos os Direitos Reservados